https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Home%20Decor https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/V%C3%ADdeos Eu e tu...desta vez pelo Sulhttps://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Fotografia https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Love%20Food

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Eu e tu...desta vez pelo Sul

Numa viragem repentina de planos para o Ano Novo, decidimos rumar a Sul em direcção à localidade que mais gostámos no Algarve - Lagos.

Lagos consegue ainda preservar o seu lado mais pitoresco e rústico, que nos faz querer lá voltar vezes sem conta. Oferece um ambiente muito descontraído, mas longe da enchente turística exagerada e da confusão dos bares que vemos, por exemplo, em Albufeira.

Reúne o melhor: bons restaurantes a preços muito acessíveis, alojamentos com qualidade e económicos e localização excelente relativamente a praias fantásticas e surf spots.


On the way - Ponte Vasco da Gama

On the way - Ponte Vasco da Gama

Acabadinhos de chegar - Dom Pedro Meia Praia 

Fizémos a reserva no Booking.com e ficámos alojados no Dom Pedro Meia Praia Beach Club. É um complexo com aparthóteis 3 estrelas, mesmo ao lado do Hotel Vila Galé.
Serve o seu propósito e nada mais. É confortável, simples e agradável. Ficámos num studio com quarto, sala, kitchnet e WC. Pelo preço, nada mais se pode exigir.
Tem umas varandas fantásticas, enormes e com sorte têm vista para a Meia Praia.
De registar apenas que o sinal de wi-fi é inexistente na habitação ( têm que se dirigir à recepção para ter sinal), a televisão só tem 4 canais ( para nós não tem muita importância porque estivemos quase sempre fora) e a água quente tem algumas falhas. Não se percebe porquê, mas ao fim de 15 minutos, é melhor tomarem banho rápido senão arriscam-se acabar o banho de água fria.

Depois de um dia em que estivemos quase sempre molhados e cheios de frio, sonhávamos com um banho de imersão bem quente para conseguirmos descongelar...ao fim de 15 minutos de molho, o nosso sonho caiu por terra e saltámos da banheira rapidamente.

Para compensar, o aquecimento funciona, esteve sempre ligado e apartamento ficou super confortável e acolhedor. Apesar de alguns pontos negativos, aconselho e somos capazes de voltar!


Dom Pedro Meia Praia

Montra do melhor restaurante indiano de Lagos
Na noite de chegada, noite de fim de ano, fomos jantar ao nosso restaurante indiano favorito e do coração - KOHINOOR, que fica na rua Silva Lopes nº 18-20, mesmo no centro de Lagos.

A quem passar por lá, esta é uma paragem obrigatória. O menu é bastante extenso e diversificado. Prima pela qualidade, quantidade e simpatia de todos os funcionários. Fazem-nos sentir bem vindos, e têm sempre um sorriso na cara. Ficamos mesmo rendidos!

Quanto ao preço, um jantar fica em média 15€/ pessoa e ao almoço podem optar pelos menus e gastam à volta de 6€/pessoa.

Jantar de fim de ano quase ao bater da meia-noite

Fogo artifício no centro de Lagos
Depois do jantar e quase no bater da meia-noite, fomos completamente surpreendidos por um espectáculo de fogo de artifício. Adorámos! Só tivemos tempo de tirar as passas da mala, que comprámos à pressa no caminho, e pedir os desejos para 2016!

Fogo artifício no centro de Lagos

Fogo de artifício no centro de Lagos
Concerto dos Expensive Soul - Chegámos muito tarde e só ouvimos uma música. Mas já valeu!

Carro de combate, leva tudo!

Na sexta de manhã, foi altura de carregar o carro e partir em busca das ondas. As previsões não eram de todo as melhores e no decorrer do caminho e de várias paragens, confirmaram-se: Surf só no sábado.


Searching for waves

Searching for waves

Zavial
Sábado de manhã bem cedinho, a busca continuou, desta vez com o espírito mais animado. A primeira paragem obrigatória é sempre no Zavial. Um pequeno paraíso, que só é pena já não ser segredo para ninguém.

Mesmo em dias maus, quando pensamos que não pode haver alma viva por lá, juntam-se auto-caravanas de todos os lados, apinhadas de surfistas de todos os cantos do mundo e pensámos " De onde é que veio esta gente toda?"

Verdadeiramente impressionante...

As próximas paragens e sítios eleitos para surfar foram a Praia da Salema e Praia das Cabanas Velhas. Muito diferentes do Zavial, têm o aspecto positivo de serem maiores e não estar tudo concentrado no mesmo ponto. Mar pequeno, maré cheia que teimava em não vazar mas o suficiente para se tirar o sentido e apanhar umas ondas.

Tivemos um bocado de pouca sorte com o tempo, muita chuva e frio ao longo de quase todo o dia.

Zavial

Pedro - Zavial

Pedro - Zavial

A casa dos duendes - Saída do Zavial
Praia das Cabanas Velhas - Burgau



Praia das Cabanas Velhas - Burgau

Praia das Cabanas Velhas - Burgau

Praia das Cabanas Velhas - Burgau

Praia da Salema

Praia da Salema

Praia da Salema

Praia da Salema

Getting ready - Praia da Salema

Praia da Salema

Último jantar - Adega da Marina, Lagos

No fim do dia, super exaustos e moídos, depois de muito frio e chuva, tudo o que nos apetecia era um bom jantar. O Pedro queria comer carne e decidimos ir finalmente à Adega da Marina.
Já tínhamos passado várias vezes à porta, mas nunca entrámos. Foi a melhor escolha que poderíamos ter feito para essa noite.

O ambiente é no mínimo peculiar: quando nos sentamos à mesa temos a sensação que estamos num casamento. Até têm o senhor do órgão, que finge estar a tocar. E nem sequer é bom a fingir!

Os empregados são muito simpáticos e o serviço é do mais eficiente que vi em toda a minha vida. Pedimos picanha e Naco de Lombo grelhado. Muito bom!

A ementa é muito simples: pratos de peixe e carne grelhados. Nada gourmet, tudo cozinha simples e honesta.

A picanha parecia manteiga...o que é raro na maioria dos restaurantes. Só caí no erro de perguntar pela banana frita, ao que o Chef respondeu curto e grosso: Eu não faço nada disso! Ok, lição aprendida.

As sobremesas são de babar: mousse de chocolate caseira e um pudim flan que de acordo com o Pedro, estava mesmo muito bom.

A Adega da Marina ficou a fazer parte das nossas paragens obrigatórias.

Preço médio jantar: 15€/pessoa

Excelente - Adega da Marina, Lagos

Excelente - Adega da Marina, Lagos

Reconfortados durante três dias com boa comida, praias muito bonitas, spots paradisíacos, boa vibe e muita descontracção, ficamos sempre com muitas saudades e falamos dos próximos planos de regresso.

Até já Lagos!