https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Home%20Decor https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/V%C3%ADdeos Corações partidos, filmes e chocolates!https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Fotografia https://rockitsimple.blogspot.pt/search/label/Love%20Food

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Corações partidos, filmes e chocolates!



Tenho o coração partido. Acho que não existe mesmo melhor expressão: coração partido. Não sou nada do género da durona, que dá uma de forte e nenhum homem faz farinha comigo e levo tudo à frente. Tenho o coração em mil pedaços espalhados pelo chão e não tenho medo, nem vergonha de o dizer.
Aliás um coração partido é a melhor das desculpas para passarmos uma tarde inteira a ouvir todas aquelas musicas que negamos a pés juntos que ouvimos. Faz bem chorar, nunca guardo nenhuma lágrima. Sou a maior das choronas porque no fim sinto que me saiu todo o peso do corpo, é um alivio tão grande, quase como uma droga...faço o luto, preciso mesmo de o fazer. Não tenho o mínimo jeito para sorrir e dizer que está tudo bem, quando tudo o que me apetece na ressaca do acontecimento é enfiar-me num canto, ver uma porrada de filmes, comer uma tablet inteira de chocolate, assoar o nariz 500 vezes e achar que mais ninguém do mundo alguma vez passou por isto. Tenho 37 anos e ás vezes penso que ainda sou uma adolescente. Vivo tudo à flor da pele e o Amor não é excepção. E sinceramente, nem quero que seja. Deixava de ter piada, a pica perdia-se. Se não sofrermos por Amor, vamos sofrer pelo quê? Mas tenho uma regra: permito-me chorar por 1 dia. 1 dia inteiro a que me dou a mim mesma o direito de ver toda a TV que quero, comer todos os doces que me apetecem e achar que vou morrer velhinha, sozinha com o meu futuro gato...no dia seguinte, siga a vida!
Coloca-se um penso rápido no coração, o bâton nos lábios, os saltos altos ou os ténis de corrida e a vida vai seguindo o seu rumo...aquele amor vai ficar sempre lá e vão existir dias em que só conseguimos pensar nos momentos bons que passámos, naquele jantar, naquela noite e desabámos. Mas depois, vem sempre a calmaria e a certeza que tudo tomará o seu devido lugar a seu tempo.
Para corações partidos não há remédios milagrosos...há sim muitos chocolates, filmes pirosos, musicas ainda mais pirosas, montes de lenços de papel e uma certeza inabalável que o Amor continua a ser a melhor coisa deste mundo e que vale tanto a pena!